28 março 2017

[Resenha] Jardim de Inverno


JARDIM DE INVERNO
Autora: Kristin Hannah
Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Páginas: 416
Skoob

Sinopse: Meredith e Nina Whiston são tão diferentes quanto duas irmãs podem ser. No entanto, com a doença de seu amado pai, as irmãs encontram-se novamente, agora ao lado de sua fria mãe, Anya, que, mesmo nesta situação, não consegue oferecer qualquer conforto às filhas. A verdade é que Anya tem um motivo muito forte para ser assim distante. E para cumprir uma promessa ao pai em seu leito de morte, as irmãs Whiston deverão se esforçar e fazer com que a mãe lhes conte esta extraordinária história. Meredith e Nina vão, finalmente, conhecer o passado secreto de sua mãe e descobrir uma verdade tão terrível que mudará tudo o que elas pensam que são.




Ler Kristin Hannah é sempre um prazer para mim. A autora consegue mexer com nossas emoções colocando-as à flor da pele.

Jardim de Inverno foi a primeira experiência que tive com sua escrita e foi amor à primeira vista.

Meridith e Nina são irmãs e tão diferentes quanto possam ser. Com escolhas completamente avessas uma da outra, enquanto Meridith se dedica a família e sempre o que é melhor para todos, Nina já é aventureira e gosta de viajar pelo mundo, sem comprometimento com ninguém. 

Entretanto, apesar de tanta distância, as duas compartilham de algo comum, uma infância complicada.  Mesmo com um pai amoroso e sempre presente, a mãe era pura frieza e distância das filhas.



As meninas sempre tentaram obter carinho e atenção por parte de Anya, mas foi em vão. A mãe se manteve distante, recusando qualquer forma de aproximação com suas filhas.

"Cada escolha mudava a estrada pela qual se seguia e era fácil demais terminar indo na direção errada"

Até que, quando o pai adoece, em seus últimos momentos, ele pede que as filhas se aproximem da mãe e façam com que ela termine o conto de fadas que contava para as meninas na infância. 

O pedido pode parecer estranho, ainda mais depois de tanto tempo. Mas vai mudar drasticamente a vida de ambas as irmãs e mostrar que para um futuro, devemos conhecer o passado.



Como falei, essa foi a primeira experiência que tive com um livro da Hanna e fui conquistada. A história das irmãs e Anya, a mãe, é única e comovente.

Livros que abordam relacionamento entre mãe e filha sempre mexem comigo, e este, além disso, aborda a temática Guerra, outro tema que me atrai demais.

O conto de fadas contado por Anya, conforme é contado vai encaixando as peças e tudo começa a fazer sentido. Nele acompanhamos o doloroso momento passado por muitos durante a Segunda Guerra Mundial e suas consequências, devastadoras. 

O leitor é absorvido ao longo das páginas de forma angustiante, dolorosa e ao mesmo tempo instigante. 

Na verdade, o conto de fadas é, na verdade, a história de Anya. E é simplesmente emocionante acompanhar o relato da mãe para as filhas, vale muito a pena descobrir o que há por trás de tudo, o que levou Anya a se tornar uma pessoa distante.

“Nós mulheres, fazemos escolhas pelos outros, não por nós mesmas. E quando somos mães, nós suportamos o que for preciso por nossos filhos”.



A edição feita pela Novo Conceito está simplesmente linda e perfeita, sou apaixonada por essa capa. Uma das mais belas da minha estante!

É realmente impossível, passar pelo livro e não se render as lágrimas. Chorei e precisei de pausas para poder prosseguir. E o final, sem comentários, de arrepiar e emocionar mais um pouquinho.

Muito recomendado!

11 comentários:

  1. Eu AMEI este livro!
    Também foi o primeiro que li dela e fiquei apaixonada
    Amo livros sobre guerra e este se tornou um dos meus preferidos
    Bjs, querida

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da autora, mas dá para perceber que sua história é emocionante. Gostei bastante dos temas trabalhados e pretendo sim, conferir a leitura! Gostei bastante!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é pura emoção, chorei muito.
    Adoro a autora.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Li esse livro e me apaixonei pela história!! Agora lendo a sua resenha, relembrei da emoção que senti durante a leitura.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Li esse livro e me apaixonei pela história!! Agora lendo a sua resenha, relembrei da emoção que senti durante a leitura.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Caramba, me deu uma larica dos diabos de vontade de querer ler esse livro, haha!

    A capa, de verdade, é muito bonita e a proposta da história, apesar do tema Segunda Guerra Mundial em nada ser original, me interessou bastante.

    Não conhecia o livro e nem a autora.

    Muio bom!

    ResponderExcluir
  7. Que legal a história, fiquei curiosa para saber o que houve no passado, até porque essa relação mãe e filha me atrai muito, vou pesquisar mais sobre.
    Obrigada pela dica ♥

    ResponderExcluir
  8. Vamos partir do princípio que a capa é linda e quem tem inverno no livro *-* só isso já contam pontos para que eu leia! Ah, e mesmo eu acompanhando a Editora Novo Conceito, não conhecia esse livro; parece ser tão lindo. Livros que tratam de relação familiar complicada e irmãs sempre despertam minha curiosidade :) amei a resenha!

    ResponderExcluir
  9. Fiquei bastante interessada no livro, normalmente não encontramos livros com histórias do tipo. Vou procurar para ler algum dia! A resenha está bem legal. :)

    ResponderExcluir
  10. A essa capa... linda! Adorei a sua resenha quero muito ler essa história

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    A escrita da kristin é realmente emotiva, só li dois livros dela mas sei que chorei horrores hahaha.
    Mas oq ue me impede de ler mais obras da autora é que em alguns momentos eu acho que ela enrola muito e eu acabo me cansando, então vou pulando tudo que ela publica rsrsr

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo