16 março 2017

[Resenha] Eu Vejo Kate


EU VEJO KATE
Autora: Cláudia Lemes
Editora: Empíreo
Ano: 2015
Páginas: 392
Skoob

Sinopse: Há um ano, Blessfield, uma pacata cidade do interior da Flórida, enterrou 12 mulheres vítimas do violento e cruel serial killer Nathan Bardel. Ele foi julgado, condenado e morto. Mas antes que as feridas da cidade pudessem cicatrizar, um novo assassino em série surgiu. Mais violento. Mais cruel. Usando o mesmo método que seu antecessor. E ele tem uma obsessão: elaKate é uma escritora imersa na produção da biografia do assassino em série Nathan Bardel. Enquanto ela mergulha de cabeça na sombria vida do serial killer, ele próprio passa a acompanhá-la vivenciando as experiências conturbadas de sua biógrafa. À medida que se aprofunda nos mistérios de Bardel, Kate desperta outro assassino. Ela não sabe, mas sua vida corre perigo.



"Eu vejo Kate. Ela não me vê".

Difícil falar sobre esse livro que me surpreendeu de forma tão positiva e dentro de um assunto que eu gosto muito de ler: Serial Killer.

Kate, nossa protagonista, é uma escritora acostumada a escrever romances e que decide dessa vez escrever sobre um serial Killer que assombrou sua cidade natal, Nathan Bardel.


Nathan, o assassino em série em questão, já foi julgado e morto por seus crimes, no entanto, exerce um fascínio muito grande em Kate. E com essa vontade de entender Nathan, Kate está decidida a escrever sobre sua vida. Ela começa a fazer pesquisas, estudar sobre os casos, modo de agir e as vítimas de Nathan. 

Kate faz um mural em seu apartamento de toda a vida criminosa do serial Killer.

Essa louca obsessão faz com o espírito de Nathan se aproxime de Kate. Dessa forma temos o segundo ponto de vista do livro, dando um ar sobrenatural à trama, o que a deixou mais interessante e ao mesmo tempo sombria.

"Sua felicidade é como um cobertor de esperança sobre uma camada de tristeza. A tristeza está relacionada ao homem que a deixou. A felicidade está relacionada com o novo homem em sua vida. Eu".

Em meio a essa intensa pesquisa sobre a vida do assassino, Kate chega ao ex-agente Ryan, que foi responsável pela prisão de Nathan. Ryan se torna nosso terceiro narrador.

Mas calma, não pense que isso atrapalhe ou confunda a narrativa, muito pelo contrário, ela fica mais eletrizante e cheia de tensão. E com isso a autora nos deixa mais dependentes dessa história.


Kate tem tendências autodestrutivas e já teve vários problemas durante a juventude. Ryan é um renomado profiler do FBI, que logo após a prisão de Nathan teve o afastamento da mulher e do filho, além de perder o emprego, sem nenhum motivo aparente. Eles são logo envolvidos um pelo outro.

"Nós os pegamos quando é tarde demais para tantas vítimas, os pegamos na maioria das vezes porque eles comentem erros, não porque "deciframos" sua psicologia através dos nossos "métodos". Na maioria das vezes estamos cegos".

Com as pesquisas avançadas e o livro em andamento, Kate recebe ordens da editora que não é mais para levar adiante, a publicação teria sido cancelada. Ao mesmo tempo uma jovem é assassinada no apartamento ao lado, com o mesmo modus operandi ao de Nathan. Mas ele está morto. Quem seria o imitador? Por que Kate se tornou um alvo?

Querem saber? Leiam ao livro!! Não vão se arrepender.


Cláudia possui uma narrativa impecável e sem papas na língua. Os personagens são muito bem construídos e reais com seus problemas. 

É nítido todo conhecimento e pesquisa da autora no tema. Ela prende o leitor do início ao fim, conduzindo a história de forma eletrizante, não deixando nenhuma ponta solta e um final surpreendente e muito impactante.

Apesar de uma trama fictícia, a autora nos passa a realidade nua e crua desse tipo de assassino. Os detalhes são brutais e bem descritos, proporcionando uma carga emocional muito grande.

A capa do livro é perfeita e condiz muito com a história, eu adorei!

O tamanho da fonte é ideal para uma boa leitura, as folhas amareladas e os capítulos são divididos entre os personagens com o nome para identificação. 

Parabéns a autora e a editora pela maravilhosa edição!

"Eu vejo Kate" entrou pra lista dos meus favoritos!

4 comentários:

  1. Oi Fê, tudo bem?

    Esse não é normalmente meu estilo de leitura, mas vira e meche eu acabo dando uma oportunidade, que bom que você gostou e obrigada pela dica!

    Bjs jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Fê!
    Já conhecia o livro, e seus comentários me deixaram ainda mais animado para começar a leitura. E a autora é brasileira, né? mais um motivo para o livro atropelar a fila de leituras haha

    Abraço! lupiliteratus.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, nunca tinha visto o livro, mas amei sua resenha! A capa e o título já me chamaram atenção de cara e depois de ler o que você achou dele, simplesmente deu vontade de começar a leitura. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Oiiii que livro! Só pela sinopse eu já me interessei! Não conhecia, mas já quero muito. Sua resenha me deixou muito curiosa kkkk muito boa! Obrigada pela indicação adorei! Beijos

    ResponderExcluir

Não saia sem deixar um recadinho pra nós!

© Conduta Literária ♥ 2017 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo